Share |

Sobre: Comunicados

Julho 1, 2022

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, em articulação com a sua concelhia de Torres Vedras, endereçou no passado dia 23 de junho, um conjunto de questões ao Governo sobre o Futuro da Saúde no Oeste no âmbito da preocupação sentida em relação à situação da saúde pública na região, bem como da construção do novo Hospital do Oeste.

Junho 5, 2022

O Bloco de Esquerda congratula-se com o facto de finalmente existir um estudo da localização, que se arrastou anos, sendo agora tempo de pressionar o Ministério da Saúde,
para uma decisão célere e o avanço da orçamentação do projeto e cabimento orçamental aproveitando os fundos comunitários. Deixa de haver desculpa para justificar a inação.

Abril 7, 2022

Os trabalhadores da Promotorres aguardam desde julho de 2021 uma resposta à proposta de negociação laboral de um Acordo de Empresa, que tem ficado na gaveta. São justas as reivindicações desta luta, para acabar com uma situação de injustiça que se tem arrastado sob a complacência de muitos e com a edilidade a fechar os olhos.

Novembro 23, 2021

Pedro Pisco e Jorge Humberto Nogueira garantem a representação de Torres Vedras na lista do Bloco que vai concorrer às legislativas de 2022 por Lisboa.

Maio 13, 2021

Sabemos que são vários milhares no nosso concelho e aumentam todos os anos, pelo que a autarquia deveria aqui ter um papel central de articulação e intervenção no terreno, não apenas por razões de saúde pública, mas também de humanidade, garantindo que não estamos perante casos de nova escravatura e exclusão, aos quais respondemos com indiferença criminosa.

Maio 3, 2021

Comunicado do Bloco de Esquerda sobre o falecimento do presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras

Abril 29, 2021

No passado dia 23 de abril, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda apresentou um Projeto de Resolução para que a Assembleia da República, proponha ao Governo a instalação de uma Unidade de Cuidados Intensivos (UCI),  no Centro Hospitalar do Oeste (CHO).

Abril 29, 2021

O Bloco de Esquerda enviou uma carta aberta a todos os membros da Assembleia Municipal, bem como aos órgãos de comunicação social, onde exige que o presidente da Assembleia se retrate públicamente ou enfrente uma moção de censura.