Comunicados

Sabemos que são vários milhares no nosso concelho e aumentam todos os anos, pelo que a autarquia deveria aqui ter um papel central de articulação e intervenção no terreno, não apenas por razões de saúde pública, mas também de humanidade, garantindo que não estamos perante casos de nova escravatura e exclusão, aos quais respondemos com indiferença criminosa.

NOTÍCIAS

LGBTIQ

Com o intuito de evidenciar este dia, o Bloco hasteou a bandeira arco-íris na sua sede.

AUTARQUICAS2021

Apresentação do Mandatário da Candidatura do Bloco às Autárquicas 2021, Joaquim Moedas Duarte.

Opinião

Nesta batalha pela igualdade, não existem meios termos. Ou se assume que todas e todos as e os cidadãos são iguais perante a Lei e têm os mesmos direitos e são aceites independentemente da sua orientação sexual, ou se assume que não.

AUTARQUICAS2021

Entrevista a Pedro Pisco, candidato pelo Bloco à Assembleia Municipal de Torres Vedras às eleições autárquicas de 2021.

Manifesto Autárquico

O Bloco quer refletir no seu Programa Eleitoral, as tuas exigências!
Melhorar o concelho, corrigir o que está mal, fazer o que falta!

AUTARQUICAS2021

Entrevista a Jorge Humberto, professor de educação especial, jornalista e candidato pelo Bloco à Câmara Municipal de Torres Vedras às eleições autárquicas de 2021.

Eventos

O Bloco de Esquerda de Torres Vedras promove, no dia 12 de maio às 21h, um debate sobre as políticas públicas para envelhecer com dignidade. Participam no debate: António Baião Costa e Joaquim Moedas Duarte.

OPINIÃO

Nesta batalha pela igualdade, não existem meios termos. Ou se assume que todas e todos as e os cidadãos são iguais perante a Lei e têm os mesmos direitos e são aceites independentemente da sua orientação sexual, ou se assume que não.

Runa continua entregue a si própria, num esquema de contornos duvidosos que, na sua essência, muda alguma coisa, para que tudo fique na mesma.

A modernização e eletrificação da linha do Oeste é uma obra inestimável, mas o progresso não se faz a qualquer preço.

O mistério das árvores azuis está esclarecido, estão marcadas para morrer, resta saber como acaba a sua história.

Não se devem colocar fatores económicos à frente das pessoas.